NOTA DE APOIO AOS MÉDICOS RESIDENTES DO ESTADO DE SÃO PAULO

NOTA DE APOIO AOS MÉDICOS RESIDENTES DO ESTADO DE SÃO PAULO

Os médicos Residentes de SANTA Catarina, representados pela Associação Catarinense dos Médicos Residentes (ACRM), manifestam o seu apoio aos colegas do Estado de São Paulo, representados pela Associação de Médicos Residentes de São Paulo (AMERESP).

A residência médica, é reconhecida em todos os meios científicos dos países ocidentais como método padrão ouro na formação de médicos residentes de todo povo brasileiro sobre a importância da formação médica, e as condições de trabalho a que todos os residentes do país organizaram movimentos de protestos, inclusive com paralisação, para chamar a atenção de todos os residentes desse país são impostos, inclusive o fato de não recebermos o reajuste garantido em lei a todos os setores, que seria no mínimo a inflação do ano anterior. Após grande movimento e após grande atenção da mídia, houve acordo entre governo federal e médicos residentes, sendo conquistado, por força de decreto um aumento da bolsa paga pelos governos estaduais municipais e federais, além dos grupos de trabalhos instituídos na Comissão Nacional de Residência Médica para a busca da melhor formação profissional.

O Estado de Santa Catarina, apesar de também assolado pela crise econômica e política que todos os setores do país têm vivido, cumpriu a lei e aumentou a bolsa de todos os residentes sob sua tutela, bem como todos os serviços gerenciados por Munícipios ou Governo Federal, adotaram a política de respeito e cumprimento do decreto de lei, assinado pelo então Ministro da Educação.

Infelizmente o governo do Estado de São Paulo prefere andar na contramão ética, moral e no mínimo do cumprimento de sai obrigações, não promovendo a correção da bolsa dos médicos residentes sob sua tutela, até o momento, e deixa clara sua posição sobre a importância que da a residência em seu estado.

Solidarizamo-nos com nossos colegas médicos residentes do Estado de São Paulo e unimos nossa voz, em defesa da valorização, e do cumprimento das regras de nosso País.

 

Douglas Muniz Barbosa

Presidente ACRM

 

Joinville, 08 de novembro de 2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *